Páginas

domingo, 4 de janeiro de 2015

Goiás começa ano economizando. E o time?

Até agora o Goiás não deu mostras de que vai investir mais no time em 2015.

Essa era a promessa do presidente.

O que parece é que o Goiás está fazendo o inverso.

O time de 2014 já era limitado e agora está ainda mais.

Vágner Lopes, o treinador, é promissor, porém ainda não dá pra dizer que seja melhor que o antecessor Ricardo Drubscky. Mas é mais barato.

O time perdeu Amaral e Thiago Mendes no meio campo. Quem veio para o lugar? Ninguém. Mas o Goiás lucrou com a venda.

Na zaga, Jackson está indo embora, para o seu lugar pode chegar o zagueiro Júnior Lopes que estava no Guarani de Sobral. Estão chegando também o atacante Ruan ex-Paysandu e o lateral-direito Bocão, do Avaí. Contratações modestas e econômicas.

O preparador físico Robson Gomes saiu por quê ganhava muito. Outros três membros da comissão técnica também foram demitidos.

Harlei, que vai aprender a ser diretor de futebol, disse que ninguém vai ganhar mais do que 50 mil reais.

É o Goiás enxugando as contas.

Que o barato não saia caro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário