Páginas

segunda-feira, 22 de junho de 2015

A verdade sobre o afastamento de Erik

O maior problema do Erik no Goiás foi o ambiente com o grupo.

Problemas de convivência e reclamações de corpo mole em alguns jogos agravaram a situação.

Erik mostrava alterações de comportamento. Depois de se destacar no ano passado e ter o salário multiplicado, o jogador passou se descontrolar também financeiramente.

A situação piorou quando os outros jogadores o acusaram internamente de ter simulado contusão e não ter viajado à Tucuruí/PR para jogar contra o Independente pela Copa do Brasil.

Quando ficou fora do jogo do Sport, Erik esperou o Goiás perder para colocar indireta na internet. O grupo sentiu como se ele estivesse "comemorando".

Hélio comprou a briga pelo grupo. A diretoria respaldou a decisão no início mas recuou na semana passada. O presidente Sérgio Rassi sugeriu que Hélio dos Anjos lhe desse uma nova oportunidade.

Não foi atendido, é claro, seria a desmoralização completa.

Erik será vendido em Agosto por um preço muito menor do que se imaginava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário