sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Campeonato Carioca terá promoção em todos os jogos.

Se a maior crítica em relação ao Campeonato Carioca, clubes e federação decidiram por preços promocionais em todos os jogos.

Um bom exemplo a ser seguido em todos os estados.

100% meia entrada.

Enquanto o Goiás pretende cobrar 60 reais para para o torcedor sentar no cimento no seu acanhado estádio. Lá no Carioca, com 50 reais, o torcedor poderá assistir um clássico na melhor posição do estádio da final da Copa.


JOGO
LOCAL
PREÇOS

Pequeno x Pequeno

Qualquer Estádio 
R$ 10
R$ 5

Grande x Pequeno

São Januário
R$ 30
R$ 15
Grande x Pequeno
Engenhão (atrás dos gols)
Maracanã (atrás dos gols)

R$ 40

R$ 20
Grande x Pequeno
Engenhão (meio do campo)
Maracanã (meio do campo) 
R$ 60
R$ 80
R$ 30
R$ 40
Clássicos
Maracanã (atrás dos gols)
Maracanã (meio do campo) 
R$ 50
R$ 100
R$ 25
R$ 50




OBS 1: Todos os preços cobrados serão os de meia entrada.
OBS 2: Jogos das 22h no Maracanã e no Engenhão terão preços de R$ 20 (meio) e R$ 10 (atrás dos gols). Nos demais estádios, R$ 10 para qualquer posição.


Valesca Popozuda tira atacante do Inter

Porto Alegre, madrugada de quarta-feira, Jorge Henrique e Dida, jogadores do Internacional/RS são flagrados no show da "cantora" Valesca Popozuda.

Não era hora de trabalho, porém estavam em tratamento para recuperação de lesões.

Os dois foram multados.

Dida, que tem mais crédito na casa, continua.

Jorge Henrique, que não tem uma fama tão boa, foi descartado dos planos.

A direção do Inter já o colocou à disposição do mercado.

É chegar e levar, se conversar direitinho o Colorado até ajuda a pagar.

O que me intriga nessa história é imaginar como teria sido, os nobres jogadores dançando e cantando "Beijinho no ombro".

Damião pobre? Aranha, Mena e Arouca, os mercenários do Santos

Alguns jogadores do Santos estão entrando na justiça buscando a rescisão indireta em virtude de salários atrasados.

Só tenho uma palavra pra definir isso: Oportunismo.

As reivindicações são legais, porém imorais.

Não sou contra que as pessoas busquem seus direitos. Mas existes casos e casos.

Eles sabem que a crise no Santos é momentânea, eles não vão tomar cano.

Só estão entrando na justiça por que tem propostas. Se não, estariam quietinhos.

Nem dá pra saber qual é o mais cara de pau.

Leandro Damião, que só enganou no Santos, com um salário de 650 mil reais, ao entrar na justiça, declarou que é pobre e não pode pagar advogados.



O limitadíssimo goleiro Aranha entrou na justiça e dançou. Teve uma derrota inesperada a sua liminar foi negada. Magoada com o atleta, a diretoria rejeita continuar com ele e já corre para acertar com outro nome.

Outro espertinho é o volante Arouca que espera liminar para acertar com o Palmeiras.

Mena, lateral chileno, conseguiu a liberação na justiça e foi para o Cruzeiro.

Postura diferente teve o zagueiro Edu Dracena, que acertou tudo e sairá pela porta da frente.

Gratidão e caráter são valores que caminham juntos.

Que o novo clube desses aproveitadores abram o olho. Eles podem ser as próximas vítimas.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Fabinho passa em teste e ganhará 1 salario mínimo no Vila

O Vila Nova avaliou 23 jogadores que estavam em período de testes.

Entre eles estava até o bem recomendado Borracha, vindo do futebol amador, artilheiro da Copa Flávios em Goiânia.

Mas ele não passou.

Entre os avaliados só um foi aprovado.

Fabinho, meia de 30 anos, ex-Atlético/GO, Santos e Aparecidense, vai assinar um contrato de 4 meses com o clube.

Fabinho é daqueles jogadores que poderia ter uma carreira melhor se tivesse sido melhor assessorado.

Mas ainda há tempo de dar um novo rumo.

Aceitou se submeter ao teste e ao passar concordou em receber 1 salário mínimo por mês.

Nessas condições imagino que dedicação não irá faltar ao jogador.

Vale a pena arriscar.

A surpreendente contratação de Felipe Menezes

Revelado no Goiás, o meia Felipe Menezes de pois de mais de 5 anos voltará a vestir a camisa esmeraldina em 2015.

Nesta quarta-feira, o Palmeiras aceitou emprestá-lo até o final da temporada. Os salários serão divididos pelas duas equipes.

Não foi uma boa contratação.

Felipe nunca se firmou em clube algum. Nem mesmo no Goiás, onde chegou a ser emprestado para o Paulista/SP.

Negociado para o Benfica/POR, lá não justificou o investimento e iniciou uma série de empréstimos.

Fama de lento no Botafogo, não deixou saudades.

Pior ainda foi no Sport, onde jogou muito menos.

Felipe Menezes chegou ao Palmeiras em 2013 como compensação pela contratação de Alan Kardec - o Benfica só emprestou o atacante porque o Palmeiras aceitou ficar em definitivo com o meia. O jogador nunca agradou, e terminou 2014 como um dos mais xingados pela torcida na campanha que quase rebaixou o time.

Em São Paulo, Felipe Menezes, ganhou o apelido de "Sleep" (sono em inglês) Menezes. Foram 43 jogos, quatro gols e uma participação apagada em um time que quase foi rebaixado.

Mas, talvez com toda essa cobrança, ele pode se desdobrar e pode dar certo.

Talvez seja a sua última oportunidade na Série A. Felipe Menezes precisa acordar para a vida.

Boa sorte para ele.

Mas a sua saída virou motivo de piadas nas redes sociais:





quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Sobre os preços dos ingressos do Goiás

A diretoria do Goiás confirmou o preço dos ingressos para o Campeonato Goiano nos jogos com mando de campo do time esmeraldino.

Para as partidas disputadas no estádio Hailé Pinheiro (Serrinha) as entradas terão valor único de R$60,00, já para os jogos no estádio Serra Dourada os valores serão R$80,00 na arquibancada e R$120,00 nas cadeiras.

A intenção da diretoria é vender o plano Nação Esmeraldina.

E a torcida já sabe o que é isso? O torcedor já sabe as vantagens? Será que compensa? Onde e como o clube irá apresentar esse plano?

Com esse preços eles estão no caminho errado. Estão fazendo exatamente o contrário do que deveria ser feito.

Pois bem, vamos aos fatos:

Por exemplo, com o plano de 29,90 mensais, o torcedor terá um desconto de 75%. O ingresso na Serrinha sairia a 15 reais, no Serra Dourada a arquibancada sairia a 20,00. O Goiás fará no campeonato, se chegar à final, 9 jogos como mandante, sendo 6 na Serrinha e 3 no Serra Dourada. O torcedor que for a todos os jogos, incluindo a mensalidade, pagará em média 26 reais por jogo.
Outros planos: http://www.nacaoesmeraldina.com.br/sociotorcedor/assinar/planos 

Mas o ingresso pode sair mais barato se o torcedor usufruir dos benefícios:

O Plano de sócio do Goiás está incluído na Rede Movimento por um Futebol Melhor: http://www.futebolmelhor.com.br/descontos/index.html

Sócio e dependentes terão descontos na escolinha de futebol, futsal, basquete e natação. Se um pai tem aluno na escolinha e paga 160 reais, aderindo ao plano passará a pagar 80. Atrativo não?

Pois é, mas mesmo assim, acredito que o foco do plano deve ser a presença de público e o Goiás não está usando a forma correta de chamar o torcedor, principalmente o de baixa renda.

Ao invés de um ingresso mais caro para "forçar" o torcedor à adquirir o Nação. Melhor seria um ingresso barato, onde o torcedor iria ao estádio e lá seria apresentado ao plano de sócio torcedor que lhe daria o direito de um ingresso mais barato ainda. Por exemplo 20 reais, com o plano o ingresso sairia a 5. Qual torcedor recusaria um plano assim.

Fica a dica.