quinta-feira, 5 de março de 2015

Treinador é demitido por ser enjoado demais

Ninguém aguenta gente enjoada e mal educada.

Enderson Moreira passou dos limites no Santos e acabou demitido. Tratava muito mal os jogadores da casa e vivia cobrando reforços.

Insistia para que contratassem Walter enquanto não dava chance para Gabigol. Ficou explícito que ele "preparava o terreno" para o atacante gordinho do Fluminense.

Vários pratas da casa do Santos foram humilhados pelo treinador. O último foi o zagueiro Gustavo Henrique no treinamento da manhã desta quinta-feira.

Segundo a Folha de São Paulo, Robinho passou uma mensagem para o presidente relatando o ocorrido e avisando que não dava mais,

Modesto Roma de imediato foi para o CT para conversar com o técnico não "baixou a bola" e a discussão culminou na sua saída.

A demissão foi comemorada pelos jogadores.

Neste momento Enderson pode estar arrependido. Perdeu um bom emprego em um grande time. E depois desse episódio, dificilmente deve ter outra oportunidade como essa.

Ninguém perde em ser bom, respeitoso e humilde. Que Enderson tenha aprendido a lição.

É como diz essa frase que encontrei na internet: "Ser humilde com os superiores é uma obrigação, com os colegas uma cortesia e com os inferiores uma nobreza."



terça-feira, 3 de março de 2015

Técnico do Goiás critica pratas da casa.

O técnico Wagner Lopes "soltou os cachorros".

Disse que os pratas da casa estão mostrando que não tem condições.

Rodrigo fez o gol que salvou o Goiás da derrota para o Trindade no primeiro turno. Naquele 2 a 2 na estreia.

Felipe Saturnino fez o gol de empate contra o Trindade no segundo turno.

Foi um garoto que abriu o placar ontem contra o Crac.

Reclamou até do Erik que foi o responsável pela vitória contra o Atlético.

Se tirarmos esses pontos onde o Goiás fica?

É muito fácil descarregar no lado mais fraco.

E o goleiro Renan que falhou no primeiro gol do Crac?

E os reforços do Harlei, respaldados pelo treinador?

E a falta de criatividade da diretoria para buscar recursos e trazer reforços de peso?

Se aquela falta do Crac não tivesse entrado e terminado 2 a 1 para o Goiás ele falaria daquela forma?

O treinador precisa é trabalhar. Jogou na segunda, fez hidroginástica na terça, folga na quarta e só volta a treinar na quinta.