Páginas

quarta-feira, 20 de maio de 2015

E agora Felipão?

A carreira de Luis Felipe Scolari está seriamente comprometida.

O estilo de trabalho ultrapassado não dá mais resultado. E o seu maior erro é não admitir, não se reciclar.

"Eu ganho, nós empatamos e eles perdem". Esse é o lema de Felipão.

No Grêmio ele chegou a deixar o campo esse ano durante uma derrota. Nas vitórias se vangloriava de suas estratégias e quando perdia falava da falta de qualidade dos seus jogadores e a falta de investimento dos dirigentes.

O trabalho foi péssimo, horroroso. O Grêmio o demitiu na hora certa. Antes que seja tarde.

E na cabeça dele está tudo certo. Até hoje, inclusive, ele fala que o seu trabalho foi perfeito na Copa.

Também disse, recentemente, que recebe no mínimo uma proposta por mês.

Veremos...

São Paulo quer vender Luis Fabiano.

O São Paulo coloca Luis Fabiano à venda. O preço é de 3 milhões de reais, mas aceita negociação.

Parece piada. Mas o clube está certo de tentar recuperar um pouco do prejuízo que foi essa contratação.

O atacante está com 34 anos, ganha 600 mil reis por mês e é reserva. É conhecido como artilheiro dos gols inúteis. Na hora de decidir não conte com ele.

A não ser que apareça algum time árabe, chinês, americano ou qualquer outro time que não tenha dó de jogar dinheiro fora.

Luis Fabiano pode até pode ser ser útil em outro time. Porém, os valores devem ser revistos.